Go to Top

Dioptrias mais comuns

Estima-se que de 20% a 30% da população possua algum tipo de distúrbio de visão. A causa desses distúrbios não é totalmente conhecida, mas acredita-se que eles sejam fruto de uma combinação de motivos genéticos e ambientais. Veja no esquema abaixo as características dos quatro principais tipos de distúrbio da visão:

Miopia

É a condição em que os olhos podem ver objetos que estão perto, mas não conseguem ver claramente objetos que estão longe. Na miopia, o foco das imagens ocorre antes da retina. A miopia tem tendência familiar e a correção se dá com o uso de lentes negativas (ou divergentes). visao_miopia

Hipermetropia

A Hipermetropia é a condição oposta à Miopia, pois aqui os olhos veem perfeitamente os objetos que estão à distância, perdendo nitidez de imagem quando estes estão mais próximos. O foco da imagem, portanto, dá-se virtualmente após a retina, necessitando-se o uso se uma lente positiva (ou convergente) para esta correção. saude_hipermetropia

 

Astigmatismo

A côrnea, parte central do olho humano, tem normalmente a forma de uma calota esférica. A Astigmatismo é a deformação cilindrica da córnea em um determinado eixo, causando imagens distorcidas ao longo deste eixo. O Astigmatismo pode estar presente em forma única, ou associado à Miopia ou à Hipermetropia. saude_astigmatismo

 

Presbiopia

A Presbiopia, ou vista cansada, é a diminuição da capacidade do ollho de focalizar objetos de perto em função da idade geralmente a partir dos 40. Dores de cabeça, dificuldade em ler um livro ou embalagens de produtos e cansaço visual são alguns sintomas iniciais, isto se deve à perda da elasticidade do cristalino, responsável pela busca do foco. saude_presbiopia